domingo, 28 de setembro de 2008

Mesmo se eu cantasse todas as canções do mundo...


Mesmo que eu falasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos sem o seu amor, eu nada seria.
Nessa vida louca, nessa vida breve, nosso amor maluco beleza será eterno.
Mesmo se for mais veloz que a luz, sem você, vivo na lanterna dos afogados.
Roda de sol, trovas em dó, deixe o sal no mar, deixe tocar aquela canção que vem do fundo do coração, uma canção que fala da nossa união.
Mesmo que veja a face dura do mal, sua atitude não mudará, eu sei.
Você é luz, raio, estrela e luar. Abençoada como a luz, forte como o raio, brilhante como a estrela e serena como o luar.
Você é algo assim, uma flor linda assim, como um anjo do céu.
Só quero saber do que pode dar certo ao seu lado.
Não tenho tempo a perder, com você só tenho a ganhar, seu carinho, sua amizade seu amor. Você é o caminho o lugar, o lugar pro que eu sou, eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, de você e de mim e de tudo que estará por vir.
As idéias estão no chão, eu tropeço e acho a solução da minha vida, que é a melhor forma de amar, para mim a melhor forma é amar você.
Faça calor ou faça frio, faça sol ou faça chuva, faça dia ou faça noite, com a sua presença nada importa. Você minha flor, fechará meus cortes.
Roda moinho, roda peão, o tempo passou num instante com você, com você o tempo voa, sem você o tempo para.
Mesmo que eu cantasse todas as canções, elas não diriam o quanto eu te acho especial.
Capricorniano

2 comentários:

LOu disse...

Coisa mais linda esses dois!!
;*

Jowzinha disse...

He is so romantic!!!
^^
Sei n, viu? Qdo eu vejo essas poesias de Thiago p vc, essas declarações de amor maravilhosas, me dá vontade de chorar!!! =P
Lga n, eu sou sensível!!!

=**