sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Tem dias...


Tem dias que a gente se sente
Um pouco, talvez, menos gente
Um dia daqueles sem graça
De chuva cair na vidraça
Um dia qualquer sem pensar
Sentindo o futuro no ar
O ar, carregado suti
lUm dia de maio ou abril
Sem qualquer amigo do lado
Sozinho em silêncio calado
Com uma pergunta na alma
Por que nessa tarde tão calma
O tempo parece parado?

Raul Seixas / Paulo Coelho

2 comentários:

Igor disse...

Tem dias que a gente se sente com se não fosse sentir mais nada... e isso doi!!!!!

LOu disse...

Tem dias em q fugimos das horas e de tudo q ocorra nelas...Tem dias q dá vontade de ser sujeito sem tempo!Tem dias em q sentir pesa os ombros...