terça-feira, 26 de outubro de 2010

Eu e minha boca grande...

O primeiro texto que escrevi, que está no primeiro livro com qual colaborei, ainda na pré-escola falava sobre a boca! Algo do tipo:

A boca tem dente
A boca é vermelha
A boca serve para comer...

Não sei bem por que diante de tantos temas escolhi justamente esse, mas lembrando desse texto, e relembrando algumas coisas, me recordo que sempre tive problemas com minha boca! Por ser grande! Eu não gostava muito dela! rs mas com o passar do tempo e com o advento das novelas mexicanas e de Angelina Jolie, minha boca começou a fazer mais sucesso... E eu também comecei a me olhar com outros olhos e vê-la como mais do que o lugar por onde passa a comida! rs Enfim... Agora depois de adulta resolvi escrever meu segundo texto sobre a boca! Só não prometo que seja menos infante que o primeiro... Nem mais complexo... A final a boca é o que é! rs


Ah! há quem queira abraçar o mundo
eu quero engolir!
Degustar...

A minha boca é grande!
pra toda fome que há
pra toda voz guardada no peito

Eu como
mastigo
eu falo!

Calo
Grito
Vomito                                                         

Te como
te beijo
te xingo

Eu clamo
eu peço
maldigo...

Boca...
pra toda fome que há
Boca...
pra todos os sabores
amores
desejos...

A minha boca é grande!
Mayara

4 comentários:

Igor Barbosa disse...

Cumplicidade de "Bocudos": Parafraseando o dito popular, "Boca pouca é besteira, porque boca só presta grande!" kkkkkkkkkkkkkkk

Viviane do Nascimento. disse...

ausuausuaus.. Vou fazer uma continuação com outro sentido : a visão. Pq , afinal, eu TENHO olhos...
kkkkkkkkkkk

Jowzinha disse...

Liga n!!!
Isso q é bom!!!
Meus amigos me chama de Curinga por causa do meu sorriso enorme!!!

=**, Jowzinha

Vanessa disse...

E eu que não tenho nem boca nem olhos grandes escrevo poesia sobre oq?kkkkkkkk

Massa essa história de engolir o mundo!!
:***